Investimento chinês em complexo de saúde e bem-estar em Estremoz

Uma empresa de capitais chineses prevê investir cerca de 64 milhões de euros na construção de um complexo residencial na área da saúde e bem-estar em Estremoz, disse o presidente do município, Luís Mourinha.

O autarca indicou à agência Lusa que o empreendimento, denominado “Concorde Enclave” e cujas obras devem começar este ano, representa “o maior investimento de sempre em Estremoz”, estando prevista a criação de cerca de 200 postos de trabalho, após começar a funcionar.

Luís Mourinha adiantou que o complexo vai ser construído num terreno a disponibilizar pelo município, situado entre o parque de feiras e o Estádio Municipal de Estremoz, no distrito de Évora.

O investimento é da responsabilidade da empresa Prospect Time International Investment (Portugal), Lda., com sede em Elvas, que tem como empresa-mãe a Prospect Time International Investment Limited, com sede em Hong Kong, China.

O presidente do município explicou que o “Concorde Enclave” inclui um centro de saúde e bem-estar, centro de negócios, comércio e serviços industriais relacionados com a hotelaria, centro de entretenimento, complexo residencial, centro médico e clínicas, restaurante e um centro de apreciação de artes.

Segundo o autarca, o conceito de design para o espaço do “Concorde Enclave” consiste em ser uma área “amiga do ambiente”, equipada com as “últimas inovações mundiais” em matéria de inteligência artificial e novas tecnologias.

O acordo de colaboração entre a Câmara Municipal de Estremoz e a Prospect Time International Investment (Portugal) Lda. foi aprovado, por unanimidade, na mais recente reunião do executivo municipal.

O acordo prevê que o município disponibilize uma parcela de terreno, até ao máximo de sete hectares de área, enquanto a empresa fica responsável por efectuar o projecto e instalar o complexo residencial na área da saúde e bem-estar.

2018-01-16
Guardar este link.