Lançada em Macau primeira biografia de Silva Mendes

A primeira biografia de Manuel da Silva Mendes (1867-1931) foi lançada em Macau, reavivando uma figura “esquecida”, apesar de ser “um dos intelectuais mais relevantes da história de Macau na primeira metade do século XX”. >>

2017-10-27



M de memórias de Fontenelle 

Com M de Memória, Felipe Fontenelle transita entre a infância e os dias de hoje num “disco muito intimista”, que mistura bossa nova e samba, com uma incursão pelo patuá de Macau, onde reside, e pela poesia pessoana. Em entrevista à MACAU, o músico brasileiro percorre os três mundos que habita e que convergem neste ... >>

RM nº 58   2017-10-25

Lou Kau, o primeiro magnata do jogo  

Lou Kau fez fortuna com o comércio de carne de porco, mas é hoje sobretudo relembrado por lançar as fundações da indústria do jogo em Macau. Líder da comunidade chinesa, o empresário foi agraciado pelo rei de Portugal por duas vezes. São poucos os estudos sobre a vida deste homem que, endividado, acabaria por se ... >>

RM nº 58   2017-10-25

ONU | Angola e Moçambique têm a população mais jovem entre os lusófonos

Angola, Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau têm a população mais jovem dos lusófonos, com a faixa etária 0-14 anos a ultrapassar os 40% do total da população, indica um relatório da ONU. >>

2017-10-17



Telas que questionam a realidade virtual

O artista plástico Sylviye Lei, mais recente vencedor do Prémio Fundação Oriente/Artes Plásticas, inaugurou em Junho a exposição “Sequência Dimensional”, na galeria Arte Periférica, em Lisboa. A MACAU esteve à conversa com o artista que decidiu reflectir sobre o espaço virtual que atravessa o nosso quotidiano. >>

RM nº 57   2017-08-27

Retratos | Gao Rongji, pasteleiro

O meu nome é Gao Rongji, tenho 60 anos e há cinco décadas que faço dos biscoitos a minha profissão. A Pastelaria Fong Kei, na Rua do Cunha (Taipa), abriu portas em 1892, durante o reinado do imperador Guangxu. Inicialmente, a minha família tinha uma casa de chá, que também vendia bolos e biscoitos como ... >>

RM nº 56   2017-06-06

Na primeira pessoa: pelos caminhos da arquitectura e artes plásticas

A arquitectura e as artes plásticas não existem uma sem a outra na vida de Alexandre Marreiros. Dois universos que convergem desde os tempos de infância, quando o macaense e os amigos se apropriavam do que restava de obras embargadas e erguiam um mundo de cabanas. >>

RM nº 56   2017-06-05


Xian Xinghai | Entre o mar e as estrelas

Nasceu em Macau, estudou em Paris, sentou-se à mesa com Mao Zedong e combateu a ocupação japonesa através da música. Xian Xinghai viveu 40 anos, compôs seis centenas de obras, mas é ainda um nome desconhecido de muitos em Macau. Nos planos do Governo local está a criação de um memorial dedicado ao compositor patriótico. >>

RM nº 56   2017-06-05

Filipe Dores | Pinceladas solitárias premiadas

O jovem artista macaense foi nomeado pela terceira vez para os galardões atribuídos no âmbito da 205.ª exposição organizada pelo Royal Institute of Painters in Water Colours, em Londres. Em 2015, a obra “Noite de Mário” foi premiada com o “John Purcell Paper Prize” e exibida, na Galeria Mall, na capital inglesa, ... >>

RM nº 56   2017-06-05

Manuel Vicente em discurso directo

A ideia de fazer a biografia de Manuel Vicente foi uma sugestão de um ex-aluno do arquitecto e amigo da escritora Raquel Ochoa. Objectivo: revelar o homem que existe dentro do arquitecto. A autora portuguesa aceitou o desafio de passar para o papel a vida de um homem "fascinante" e "com uma voz muito grande", ... >>

RM nº 55   2017-04-12