Terça-feira, Abril 20, 2021
Inicio Uncategorized Mês do Rato

Mês do Rato

O Mês do Rato (de 2014) prolonga-se entre os dias 7 de Dezembro e 4 de Janeiro. No calendário solar agrícola (e astrológico) o mês do Rato culmina o “Inverno” (dong冬) chinês, incluindo, a 21 de Dezembro, o solstício de Inverno. Por natureza o Rato é dominado pelo elemento água. Mas há que ter em conta que, além disso, o caule celeste do mês é bing (丙) que corresponde ao elemento fogo, na sua vertente yang. Os signos mais beneficiados são o Búfalo, o Dragão, o Macaco e o Cão. Ao passo que aos nascidos sob a Cavalo estão reservados alguns desafios.

Pode ainda consultar as previsões para 2014, Ano do Cavalo, aqui.

 

RATO (1924, 1936, 1948, 1960, 1972, 1984, 1996)

Descansar e espairecer

O signo do Rato encontra os seus semelhantes (signo do Rato), mas tanto podem ser amigos como adversários. “Muita gente” ocupando o mesmo espaço. Esse “sobrepovoamento” pode tornar a vida dos Ratos um tanto difícil. No mínimo, haverá desconforto psicológico e instabilidade emocional. Devem aproveitar todas as oportunidades para descansar e espairecer…

 

BÚFALO (1925, 1937, 1949, 1961, 1973, 1985, 1997)

Oportunidades podem cair do céu

A simbologia do Búfalo implica muito trabalho e as recompensas nem sempre correspondem ao esforço empreendido. Mas no corrente mês o Búfalo encontra o seu parceiro preferido, o Rato. Isso é uma boa notícia: menos necessidade de se esforçarem, o que é bom aparece espontaneamente. Um bom mês!

 

TIGRE (1926, 1938, 1950, 1962, 1974, 1986, 1998)

Carregar baterias

Um mês talvez não muito produtivo, eventualmente muito divertido. No mínimo servirá para carregar as baterias. As “energias” não estarão muito concentradas numa direcção definida. Os Tigres estarão mais virados para a brincadeira do que para a verdadeira caça às presas, isto é, a luta por objectivos concretos.

 

COELHO (1927, 1939, 1951, 1963, 1975, 1987, 1999)

Descansar, conviver e aprender

O relacionamento com outras pessoas, seja de que natureza for, pode vir a dominar o mês. Os Coelhos andarão “de um lado para o outro”, ou por prazer ou por necessidade, mas é pouco provável que se orientem para a conquista de alguma coisa muito definida. Bom mês para descansar, conviver e aprender.

 

DRAGÃO (1928, 1940, 1952, 1964, 1976, 1988, 2000)

Comunicar para o sucesso

Os Dragões foram feitos para altos voos e não se contentam com as pequenas vitórias do dia-a-dia. Mas para que tal desígnio se concretize há que encontrar condições para avançar no sentido da sua concretização. Este mês é dominado por um signo da mesma família do Dragão. Os nativos deste signo conseguirão articular-se e comunicar bastante bem com as outras pessoas – e isso será um trunfo importante na sua caminhada para o sucesso.

 

SERPENTE (1929, 1941, 1953, 1965, 1977, 1989, 2001)

Proactividade precisa-se

Não basta esperar que as circunstâncias tragam as oportunidades. É necessária uma atitude mais proactiva, tentando, ao mesmo tempo, mobilizar outras pessoas no sentido dos mesmos objectivos. Se assim procederem estarão a fazer uma caminhada segura para o sucesso. Que chegará, mais cedo ou mais tarde.

 

CAVALO (1930, 1942, 1954, 1966, 1978, 1990, 2002)

Com inteligência vencerão

Um dos meses mais exigentes do ano. Aqui estão muitos dos desafios previstos pelos almanaques para o corrente ano. Duas coisas parecem certas: mudanças e ajustamentos. Mas se isso será uma boa ou má notícia, cabe aos nativos do Cavalo a palavra decisiva. Se se deixarem assustar pelos acontecimentos, podem desorientar-se, mas reagirem com inteligência, vencerão.

 

CABRA (1931, 1943, 1955, 1967, 1979, 1991, 2003)

Boas finanças e bons negócios

A Cabra e o Cavalo “entendem-se” bastante bem, fazendo prever a boa sorte resultante de relacionamentos profícuos. Haverá apoios, nomeadamente da parte de pessoas poderosas. Ao mesmo tempo, se souberem definir objetivos muito concretos para a sua vida, haverá um claro progresso. Os almanaques prevêem boas influências para as finanças e os negócios.

 

MACACO (1932, 1944, 1956, 1968, 1980, 1992, 2004)

Tirar proveito das oportunidades

Mês com uma tónica de sucesso. Os nativos do Macaco andarão mais ambiciosos e terão oportunidade de tornar conhecidas (mais visíveis) as suas capacidades. Esta sua maior visibilidade terá reflexos positivos no futuro. Por outro lado, a energia universal qi circula do Macaco para o Rato, o que sugere que é importante acompanhar a corrente dos acontecimentos, tirando o devido proveito das oportunidades.

 

GALO (1933, 1945, 1957, 1969, 1981, 1993, 2005)

Encantadores e irresistíveis

Um mês de acção e de algum high profile. Os nascidos sob o Galo estarão no centro dos acontecimentos. Ora, muito acontecerá sem que façam nada por isso. O palco estará à sua espera, a sua imagem brilhará. Os almanaques prevêem igualmente boas notícias para a vida sentimental. Os nascidos sob o Galo andarão particularmente encantadores, quase irresistíveis…

 

CÃO (1934, 1946, 1958, 1970, 1982, 1994, 2006)

Definir objectivos para o curto prazo

Há dois factores a ter em conta, neste mês positivo. O Cão tende a controlar a “energia” do Rato (signo do mês). Será um tempo para definir objectivos muito precisos a serem alcançar a curto prazo. Não ideias vagas mas sim coisas contabilizáveis e com um calendário. Por outro lado fogo yang apoia o Cão, o que poderá traduzir-se na ajuda útil prestada por outras pessoas.

 

PORCO (1935, 1947, 1959, 1971, 1983, 1995, 1997)

Muito trabalho

Os nativos do Porco andarão, mais do que é habitual, rodeados por muitas pessoas e terão de organizar as suas vidas em torno disso. Há que saber distinguir entre os que são amigos e os que aparecem com uma agenda de rivais. Mês muito activo, com muito trabalho, mas bom para as finanças – dizem os almanaques.

ARTIGO