Quinta-feira, Julho 9, 2020
Inicio Cooperação

Cooperação

Relações bilaterais ditam importância do encontro em Pequim

A terceira edição do Fórum China-África (FOCAC), que decorreu no início de Setembro em Pequim, contou pela primeira vez com a participação de todos os países africanos de língua portuguesa

Presidente de Moçambique almoça com empresários chineses em Pequim

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, participou na segunda-feira num almoço com mais de duas dezenas de directores de empresas chinesas, num clube privado de Pequim, à margem do Fórum de Cooperação China/África.

Engenharia | A China na linha da frente da inovação

“A ponte é grande. Tem muitas faixas de rodagem, tem um vão muito grande, tem isso tudo. Há ali um certo incremento de capacidade técnica e de melhoramento, uma tentativa de ultrapassar os limites que antigamente não era muito frequente.” A análise de José Maneiras é válida para a Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, mas também poderia descrever uma mão cheia de grandes projectos de construção de infra-estruturas que a República Popular da China tem ou teve em mãos ao longo das duas últimas décadas.

Travessia do Delta | Uma ponte sem igual

A Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau ainda não foi inaugurada, mas já ganhou um lugar por direito próprio no rol dos mais desafiantes projectos de engenharia alguma vez concebidos. A travessia do Delta estabelece vários novos recordes em termos de dimensão, mas a magnitude da estrutura não se fica pelos números. Durante os últimos nove anos, a empreitada de construção da obra revelou-se um viveiro de inovação em termos técnicos e tecnológicos. Da maior grua do mundo ao aço com materiais compósitos concebido propositadamente para o projecto, passando por asfalto com um tempo útil de vida de 15 anos, a MACAU explica-lhe por que razão a nova travessia Hong Kong-Zhuhai-Macau é uma ponte sem rival.

Cantão e a nova centralidade na Área Grande Baía

O propósito de integrar a Área da Grande Baía, constituída por Cantão, Hong Kong e Macau, com mais oito cidades da província de Guangdong (Zhuhai, Shenzhen, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, JIangmen, Zhaoqing ) no Sul da China, é uma iniciativa nacional, que pretende fazer desta região uma das grandes metrópoles do Mundo, já em 2030.

Turismo para dinamizar relações

A União Europeia (UE) quer apostar no turismo e nas tecnologias verdes para reforçar laços com Macau. A chefe do Gabinete da UE para Macau e Hong Kong também salienta a cooperação jurídica e o reforço de direitos como vectores importantes da cooperação bilateral.

Uma nova ponte entre China e Angola

Criada há um ano, a Câmara de Comércio de Angola em Macau (CCAMO) tem como principal objectivo estreitar relações entre Angola e Macau, utilizando a RAEM como plataforma para chegar ao Interior do País. O seu presidente, Carlos Lobo, fala sobre a importância da criação desta instituição, dos seus objectivos e projectos futuros.

Macau quer ser ponte financeira China-Países de Língua Portuguesa

Pelo menos 280 empresários e representantes de instituições financeiras e governamentais da China participaram no 13.º Encontro de Empresários em Lisboa. Por outro lado, uma delegação da RAEM, liderada pelo secretário para a Economia e Finanças, reuniu-se com representantes do sector financeiro de Portugal para discutir estratégias para melhor implementar uma ponte que sirva as relações entre a China e os países lusófonos.

Macau estreita ligações com o Brasil

O secretário para a Economia e Finanças da RAEM liderou uma comitiva ao Brasil com o propósito de atrair investimentos para a China, através do expediente da utilização de Macau como porta de entrada para as empresas brasileiras.

Diplomata desafia portugueses a envolverem-se na estratégia luso-chinesa para Macau

No jantar de despedida organizado pela comunidade portuguesa, o diplomata disse que a comunidade lusófona em Macau deve "estar na primeira linha de apoio à criação da plataforma de ligação com os países de língua portuguesa".

Hainão na rota do comércio livre internacional

A província de Hainão terá o maior porto do mundo em termos de dimensão e com o estatuto de zona de comércio livre internacional, plano anunciado pelo Presidente Xi Jinping, a ilha vai ganhar novo desenvolvimento num futuro próximo.

Macau galvaniza intercâmbio com Tailândia e Camboja 

O reforço da cooperação da RAEM com os países do Sudeste Asiático irá abranger áreas tão diversas como o turismo, a agricultura, a tecnologia e a educação. Sob os promissores auspícios gerados pelo programa transnacional de desenvolvimento de infra-estruturas liderado pelo Governo Central, os governos tailandês e cambojano consideram também tirar partido da posição de Macau como porta para os mercados de língua portuguesa.