Terça-feira, Junho 2, 2020
Inicio Cultura

Cultura

De portas abertas

A recentemente reeleita presidente da Casa de Portugal em Macau (CPM), Améia António, defende a alteração dos estatutos no sentido de ela passar a acolher no seu seio, em condições especiais, elementos de outras comunidades

Toda a Ásia em Macau

Um ano depois dos Jogos da Lusofonia, Macau volta a ser palco de um grande evento desportivo. Em Outubro, a região administrativa especial acolhe milhares de atletas oriundos dos 45 países e regiões da Ásia para competições em que a inovação é a palavra de ordem. O evento é da responsabilidade do Comité Organizador dos 2ºs Jogos Asiáticos em Recinto Coberto (MAIGOC)

Virar de página na educação

Maior autonomia pedagógica e curricular e maior exigência e fiscalização do trabalho das escolas, visando a qualidade, são alguns dos vectores do novo sistema educativo não-superior de Macau

Ménage à trois

O cinema chinês ensaiou os primeiros passos no dealbar do século XX. Com uma diversidade de estilos e correntes, os realizadores foram pragmaticamente classificados por gerações, uma opção que deixou de for a as tendências estéticas que os distinguia

Viagem ao universo do português

O Museu da Língua em São Paulo (Brasil), que já foi visitado por mais de 600 mil pessoas, permite uma viagem ao universo da língua portuguesa

Para além do património tangível

A cultura de Macau ganha novo instrumento internacional para a preservação e divulgação das suas tradições orais, ritos costumes, com a aplicação na RAEM da Convenção da UNESCO relativa à Salvaguarda do Património Cultural Intangível

À procura do reconhecimento internacional

A classificação internacional do patuá pela UNESCO como património cultural intangível* permitiria fortalecer a identidade de Macau e elevar ainda mais o estatuto da Região Administrativa Especial de Macau no palco da cultura mundial

Novos olhares sobre Confúcio

Viveu há mais de 2500 anos e continua a ser não apenas uma referência, mas também uma marca essencial na cultura, história e personalidade da China e da civilização chinesa

Ni hao!

É a língua mais falada do mundo, enquanto língua materna. Em vez de um alfabeto, o chinês utiliza milhares de caracteres diferentes. A pronúncia de cada expressão tem de ser entoada na perfeição ou o sentido extravia-se. Exige pelo menos três vezes mais anos de dedicação para atingir o mesmo grau de proficiência do que o inglês ou francês. Mesmo assim, 49 mil estrangeiros em todo o mundo começam a aprendê-la todos os dias. O mundo começa a dizer em coro: ni hao!

Vinte anos de música

Desde 1987 que existe o Festival Internacional de Música de Macau, que se encena anualmente nos ambientes intimistas do Outono macaense. Estrelas dos palcos dos mundos vêm brilhar no território, cuja população vem acarinhando o, cada vez mais, seu festival

Cultura bonita

O cineasta Flora Gomes defende a preservação da cultura africana, que é importante não negar “aquilo que é nosso” e, muito menos, tentar “abraçar outras culturas sob o pretexto de que essas são as melhores”. Além disso, sublinha, “a cultura africana tem uma maneira de contar histórias que é muito bonita e no cinema também podemos fazê-lo”

África positiva

Flora Gomes, um nome grande do cinema africano, diz que o líder histórico Amílcar Cabral foi para ele “como um pai” e foi quem lhe “pôs nas mãos” uma câmara de filmar. A propósito do conteúdo dos seus filmes, considera que é importante “mostrar essa África positiva, que existe, e que tem muitas coisas para oferecer ao mundo”