Quinta-feira, Julho 9, 2020
Inicio Economia

Economia

Banco angolano SOL vai abrir escritório de representação em Macau

O banco angolano SOL pretende abrir, “nos próximos dias”, um escritório de representação em Macau, disse o presidente do conselho de administração, Coutinho Nobre Miguel.

Banco Bic Angola vai apresentar pedido para se instalar em Macau

O banco angolano Bic vai apresentar em Novembro um pedido para se instalar em Macau, disse o representante de Angola no Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

A Macau do futuro 

O Governo de Macau e o Alibaba, o maior grupo a nível mundial de comércio online, assinaram um acordo para uma parceria estratégica para que em cinco anos a RAEM passe a ser uma das primeiras cidades inteligentes do mundo. Depois de uma experiência bem-sucedida na cidade chinesa de Hangzhou, o grupo quer fazer ainda mais em Macau.

Empresas de Macau concretizam papel de plataforma 

Há cada vez mais empresas da RAEM, pequenas, médias e grandes, a voltarem-se para os países de língua portuguesa. Aqui apresentamos três exemplos de empresários que estão a tirar o conceito de plataforma do papel.

Comércio virtual sem fronteiras 

Realizou-se em Setembro mais um curso em comércio electrónico para pequenas e médias empresas da RAEM interessadas em expandir o negócio para o Interior do País e quebrar barreiras geográficas. Testemunhos e desafios de quem quer chegar ao outro lado da fronteira 

MIF | “Grande Baía”, países de língua portuguesa e mais oportunidades de desenvolvimento

Com a iniciativa “Grande Baía”, Macau terá oportunidade de desempenhar o papel de plataforma entre o Interior da China e os países de língua portuguesa, defende Jackson Chang, presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau. Este ambicioso projecto de integração económica vai ser um dos temas em destaque da Feira Internacional de Macau, que se realiza já este mês.

Energia e indústria em destaque na promoção do Fundo de cooperação China-Países lusófonos

Energia e indústria foram as áreas de investimento em destaque na acção de promoção do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China Países de Língua Portuguesa, que reuniu em Macau perto de uma centena de participantes.

Macau deverá crescer 13,4%, estima o FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estimou que Macau cresça em 2017 de 2,8% para 13,4%, em relação à previsão divulgada em Abril passado, indicou o último relatório "World Economic Outlook".

Macau pode vir a receber 40 milhões de visitantes em 2025

Macau pode receber até 40 milhões de visitantes em 2025, o que representa um aumento de quase 30% em relação ao ano passado, foi anunciado na apresentação do Plano Geral de Desenvolvimento da Indústria do Turismo.

Mais de 80 responsáveis lusófonos em fórum económico em outubro em Macau

Mais de 80 responsáveis de Portugal, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde vão participar no Fórum Económico sobre Cidades Sustentáveis, em Outubro, em Macau.

Comércio entre a China e os países de língua portuguesa sobe 31,29%

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa subiram 31,29% até Julho, em termos anuais homólogos, atingindo 67,61 mil milhões de dólares, indicam dados oficiais.

Uma zona metropolitana de nível mundial

A Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, projecto piloto de integração económica do Sul da China, quer aproveitar o melhor destas regiões e tornar-se numa “zona metropolitana de nível mundial”.