Quarta-feira, Dezembro 2, 2020
Inicio Economia

Economia

Fundo chinês para investimentos lusófonos com sede em Macau a partir de 1 de Junho

A mudança, de Pequim para Macau, da sede do fundo chinês de mil milhões de dólares destinado a investimentos de e para os países lusófonos vai realizar-se a 1 de Junho, anunciou o Governo de Macau.

China apoia criação de Zona Económica Especial em Cabo Verde

A China vai apoiar a criação de uma Zona Económica Especial ligada ao mar na ilha cabo-verdiana de São Vicente, um projeto que o governo cabo-verdiano acredita estará concluído até ao final da legislatura.

Empresas de Macau e dos países lusófonos visitam cidade chinesa de Zhongshan

Uma delegação composta por empresas de Macau e dos países de língua portuguesa vai realizar uma visita à cidade chinesa de Zhongshan no segundo semestre deste ano, focada em áreas como a indústria da saúde, anunciou o Governo de Macau.

PME de Macau vão poder pedir segunda verba de apoio ao Governo

O Governo de Macau anunciou que as Pequenas e Médias Empresas (PME) vão poder candidatar-se a uma segunda verba de apoio, até ao montante máximo de 600 mil patacas.

Chefe do Executivo de Macau lidera comitiva para fórum económico em Pequim

O chefe do Executivo de Macau lidera uma delegação para participar no Fórum “Uma Faixa, Uma Rota”, que arranca no domingo em Pequim, sobre cooperação internacional para promover o desenvolvimento mútuo.

Reconhecimento facial em multibancos de Macau para portadores de cartões UnionPay

O Governo de Macau vai introduzir um sistema de reconhecimento facial nas caixas multibanco para os portadores de cartões UnionPay, emitidos por bancos da China, de modo a combater o branqueamento de capitais.

Chefe do Executivo alerta para aumento dos factores de risco na economia de Macau

O chefe do Executivo de Macau alertou para um aumento dos factores de risco na economia do território, não se prevendo uma "perspectiva mais clara do desenvolvimento".

Comércio entre a China e os países de língua portuguesa subiu 32,6%

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa subiram 32,6% até Fevereiro, em termos anuais homólogos, para 14,84 mil milhões de dólares, indicam dados oficiais.

O hotel chinês de Maputo

É o maior hotel de Moçambique e distingue-se de todos os outros pela sua imponência. Inaugurado pelo presidente da República de Moçambique, o Maputo AFECC Gloria Hotel é um embaixador da cultura chinesa na capital moçambicana.

“O parceiro estratégico de Angola chama-se China”

Manuel Arnaldo de Sousa Calado fala de um "sonho": da construção de uma "Cidade Universitária da Saúde" em Angola, que integre um hospital e uma escola para a formação de todo pessoal ligado àquele estabelecimento de saúde. E para que isso aconteça, o presidente da Câmara de Comércio Angola-China (CAC) acredita que Pequim é o parceiro natural para dar forma ao projecto. "A única janela que está realmente aberta para Angola chama-se China", sublinha o responsável numa entrevista à MACAU. Fundada há um ano, a CAC pretende ser uma plataforma de interacção entre empresários angolanos e chineses. Macau, nota, poderá ser a "rampa de lançamento"

Luanda recebe fórum económico sobre Cidades Sustentáveis de língua portuguesa

Um Fórum Económico sobre Cidades Sustentáveis a realizar em Luanda, no próximo dia 20, à margem da 33.ª Assembleia-Geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), vai proporcionar oportunidades de negócios e cooperação internacional.

São Tomé e Príncipe adere ao Fórum Macau

São Tomé e Príncipe já faz parte Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau).