Sexta-feira, Abril 10, 2020
Inicio Educação

Educação

Cursos do ensino superior de Macau passam a ser reconhecidos em Portugal

O reconhecimento automático dos graus e diplomas do ensino superior de Macau por Portugal é uma medida que “aprofunda ainda mais a cooperação” bilateral, anunciaram hoje as autoridades do território.

“Queremos diversificar a composição dos nossos alunos universitários”

À frente dos destinos do ensino superior em Macau desde 2011, Sou Chio Fai tem uma experiência ímpar em termos de gestão do sistema educativo local. Antes de coordenar o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior (que foi transformado em Direcção dos Serviços do Ensino Superior, DSES, no início deste ano), Sou chefiou a Direcção de Serviços de Educação e Juventude (DSEJ). O seu conhecimento das forças e fraquezas de todos os níveis de ensino em Macau é profundo

Novo laboratório antecipa o futuro

Em entrevista concedida em exclusivo à MACAU, o reitor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Macau (UM), Xu Chengzhong, fala no estádio de desenvolvimento do novo laboratório conjunto de inteligência artificial da UM. O laboratório promete ter um papel decisivo na aplicação a Macau de tecnologias que, segundo Xu e muitos outros especialistas, vão mudar a forma como vivemos. O reitor diz que as aplicações que estão a ser estudadas vão ter impactos palpáveis em domínios como a gestão do trânsito e fluxo de turistas na cidade, cuidados médicos, segurança e no sector financeiro. São tempos de antecipar o futuro no campus da maior universidade da RAEM

Alunos de Macau no tecto do mundo

Entre Abril e Maio do ano passado, mais de 4000 alunos dos estabelecimentos de ensino de Macau testaram competências em domínios como a ciência, a matemática e a leitura no âmbito da sétima edição do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA). O PISA tornou-se ao longo das duas décadas um dos mais prestigiados modelos globais de aferição do sucesso dos sistemas educativos e há quatro anos o território posicionou-se entre os melhores do mundo

Macau e Portugal apostam em cursos e projectos de investigação conjuntos nos politécnicos

Institutos Politécnicos de Portugal e Macau vão apostar nas candidaturas a cursos e projectos de investigação conjuntos, disse à Lusa o presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos Portugueses (CCISP).

Universidade de Macau vai lançar “plataforma inovadora” de tradução chinês/português

A Universidade de Macau (UM) espera lançar, até ao final do ano, uma "plataforma inovadora" de tradução chinês/português, com a qual pretende aumentar a interacção comercial entre a China e os países lusófonos.

UMAC patenteou sistema de nanotecnologia para engenharia genética

A Universidade de Macau patenteou um sistema de nanotecnologia que pode ser utilizado para desenvolvimento científico na área da engenharia genética, disse à Lusa o investigador-chefe do projecto.

“O objectivo é que os alunos dominem as línguas portuguesa e chinesa”

A directora da Zheng Guanying defende que a escola está a cumprir os objectivos do bilinguismo, mas assume que se pode fazer mais no acompanhamento dos alunos e na cooperação com os encarregados de educação. Wu Kit garante que o ensino bilingue, testado este ano em duas turmas, foi um sucesso. Para o ano lectivo 2018/2019, vai duplicar o número de turmas.

Culturas e línguas a pensar nas novas gerações

A Escola Oficial Zheng Guanying entrou em funcionamento em 2011 nas instalações da antiga Escola Primária Luso-Chinesa de Tamagnini Barbosa. Trata-se de um projecto-piloto do Governo de Macau, que tem em vista a diversificação do sistema educativo das escolas oficiais locais. Ao contrário da maioria dos estabelecimentos de ensino de Macau, cuja instrução é feita em cantonês, aqui o mandarim, o português e o inglês são as línguas de ensino. O objectivo é que os alunos se tornem multilíngues e multiculturais.

Mais de 450 alunos no curso de português da Universidade de Macau

Mais de 450 alunos vão procurar "melhorar a competência linguística e cultural" no 32.º curso de verão de Língua Portuguesa da Universidade de Macau, a partir de segunda-feira, anunciou a instituição.

Eu, robô: De Macau para o mundo

Uma equipa de investigadores da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau concebeu um autómato que promete revolucionar o sector da prestação de serviços na região e no mundo. Originalmente desenvolvido com o propósito de providenciar assistência a idosos, o Singou Butler vai receber a partir de Julho os visitantes que entrem em Macau através das Portas do Cerco. O robô vai facultar informações, responder a dúvidas e até facilitar a obtenção do cartão Macau Pass. O aparelho vai começar a ser fabricado em massa numa unidade fabril da província de Guangdong. A 1 de Setembro lança-se à conquista do planeta.

Português | Uma verdadeira porta de entrada  

Não são apenas os chineses que têm apostado na aprendizagem da língua portuguesa em Macau. Há também outros estrangeiros que por aqui passam que, graças ao contacto com a cultura portuguesa, descobrem uma nova língua a explorar.