Quinta-feira, Julho 2, 2020
Inicio Investimento

Investimento

Novas perspectivas para o Fórum Macau

A realização de uma avaliação externa ao trabalho do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa deverá trazer uma “significativa mudança qualitativa” ao desempenho do organismo. Responsáveis pelo mecanismo multilateral de cooperação olham para o futuro numa entrevista à MACAU

15 anos de Fórum Macau | Do debate se faz luz

Uma maior atenção ao empresariado e à iniciativa privada, bem como uma maior articulação com entidades associadas, como o Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China-Países de Língua Portuguesa e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau. O Fórum de Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau) assinala 15 anos de existência, mas foi do futuro que se falou num seminário em que a acção do organismo esteve sob análise. E o futuro, defende Xu Yingzhen, passa em muito por uma ligação mais vincada ao sector empresarial.

Macau quer potenciar relações entre o Ocidente e o Oriente

O secretário para a Economia e Finanças de Macau afirmou que a região deve potenciar a sua história para fazer a ligação entre a China, os países de língua portuguesa, a União Europeia e Sudeste Asiático.

Brexit é oportunidade para reforçar cooperação com Portugal, diz Lionel Leong

O secretário para a Economia e Finanças de Macau defendeu que a saída do Reino Unido da UE [Brexit] constitui uma oportunidade de reforço da cooperação entre Portugal, China, Macau e Europa.

Moçambique vai ser “país parceiro” na 23.ª Feira Internacional de Macau

Moçambique será o "país parceiro" da 23.ª edição da Feira Internacional de Macau (MIF), organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), anunciou a instituição.

Aposta no empreendedorismo inovador

Os dados estão lançados para ajudar jovens empreendedores de Macau a criar negócios inovadores, que se encaixem no modelo de startups. Com a dinamização de um espaço exclusivo para o Centro de Incubação de Negócios para Jovens de Macau e a realização da primeira Startup Week, o futuro anuncia-se promissor.

Um ano para mais tarde recordar  

Uma reconciliação há muito aguardada, a construção de novas sinergias e o regresso do intercâmbio comercial a terreno positivo, após dois anos menos frutuosos em termos de negócios. O ano que terminou em Dezembro foi um dos mais profícuos da última década no que concerne ao fomento das relações entre a República Popular da China e os países de língua portuguesa, sobretudo no que toca aos avanços notórios verificados no capítulo da aproximação de Pequim ao universo lusófono.

Investimento chinês em complexo de saúde e bem-estar em Estremoz

Uma empresa de capitais chineses prevê investir cerca de 64 milhões de euros na construção de um complexo residencial na área da saúde e bem-estar em Estremoz, disse o presidente do município, Luís Mourinha.