Segunda-feira, Maio 25, 2020
Inicio Pessoas

Pessoas

Roque Choi, o “mensageiro discreto” chinês que usava capote alentejano em Macau

A dois meses do 10.º aniversário da morte de Roque Choi, “o mais requisitado dos tradutores-intérpretes da história recente de Macau”, é lançada, hoje, a biografia deste chinês “discreto” tido como ponte fundamental entre comunidades.

Átrio | Viver para contá-las

Cheong Kin Man quis “dizer tudo ao mesmo tempo” em 31 minutos. O resultado foi Uma Ficção Inútil, curta-metragem que conta várias histórias e tempos, premiada internacionalmente, e que continua a correr mundo a mostrar a imagem poética de Macau

Experience | “Quero criar algo que pertença a Macau”

Música com guitarra portuguesa e letra em cantonês é apenas uma das inovações dos Experience. A banda da RAEM, que recebeu a MACAU no seu estúdio, cruza várias influências, numa abordagem experimentalista liderada por Bruce Pun. A meta do compositor é ambiciosa: criar um género musical que seja próprio de Macau

III Encontro da Comunidade Juvenil Macaense

Muitos vieram à descoberta das raízes, outros no ensejo de as aprofundar. Jovens macaenses na diáspora – unidos pelo laço de uma herança comum – reuniram-se em Macau para mais um encontro. O próximo fica marcado online, já que vai ser criada, em breve, uma plataforma para manter vivo o contacto

Átrio | De arte se faz o sonho

Fez-se artista entre Macau e Lisboa e essa vivência marcada pelo choque cultural ajudou-o a definir a sua arte, dividida entre a pintura e a escultura. Aos 38 anos, João Magalhães tem tido oportunidade de dar a conhecer os seus trabalhos, até já representou a região na Bienal de Veneza, mas ainda persegue o sonho de ser artista a tempo inteiro

IPM vai atribuir título académico a Durão Barroso

O Instituto Politécnico de Macau (IPM) decidiu atribuir o título académico de Professor Coordenador Honorário do IPM a Durão Barroso, ex-Presidente da Comissão Europeia (2004-2014), Primeiro-Ministro (2002-2004), Ministro dos Negócios estrangeiros (1992-1995) e Secretário de Estado (de 1987-1992 e de 1985-1987) de Portugal, entre muitos outros cargos e funções académicas que desempenhou.

Mio Pang Fei e a arte que se respira

Mio Pang Fei é um dos mais conceituados artistas contemporâneos da China. Em Macau desde os anos 1980, prepara-se para representar o território na Bienal de Veneza. Uma distinção que não esperava, a caminho dos 80 anos. O desafio foi aceite. Ou não fosse a arte o ar que ainda hoje respira

RAEM distingue individualidades e entidades

O Governo da Região Administrativa Especial de Macau distinguiu com medalhas e títulos honoríficos, por sugestão da Comissão de Designação, diversas individualidades e entidades que se notabilizaram por feitos pessoais, contributos para a sociedade ou serviços prestados à RAEM. A cerimónia de imposição das Medalhas e Títulos Honoríficos teve lugar no passado dia 15 de Dezembro.

De Macau para a Antártida

Aos 25 anos, Cynthia Tang prepara-se para realizar um sonho: ir à Antártida. Seleccionada para integrar a expedição internacional anual da organização 2041, fundada pelo famoso explorador britânico Robert Swan, parte em Março, com a bandeira de Macau na bagagem.

Jia Rui despede-se da competição aos 27 anos

Dedicou 22 anos de vida ao wushu, somou mais de duas dezenas de medalhas e distinções em grandes palcos internacionais, foi o melhor do mundo em mais do que uma categoria e deixa o nome associado à maior honra individual alguma vez alcançada por um atleta de Macau. Aos 27 anos, Jia Rui colocou a alta competição para trás das costas, mas vai continuar ligado à modalidade como treinador.

PME | “Sou ribatejano, gosto de pegar touros de frente”

Director criativo num grande casino, Nuno Veloso ultrapassou todos os desafios em três anos. Quando o tédio se instalou, ele disparou o flash – despediu-se para abrir a sua produtora de fotografia e vídeo. À frente da Core Productions, é todos os dias fotógrafo, como sempre foi, mas também o empresário que lidera a gestão. E trabalho não lhe falta.

Calçada portuguesa | Da pedra fez-se mar

Começou timidamente a conquistar o seu lugar ao sol e é hoje uma das marcas da identidade única de Macau. A calçada portuguesa ganhou proporções inesperadas e faz parte do cartão postal da cidade