Quinta-feira, Julho 2, 2020
Inicio Tags RM 38

Tag: RM 38

O coração dos livros

ROTA DAS LETRAS 2014

Cartaz :: Junho e Julho 2014

Espectáculos e exposições em Macau, em Junho e Julho de 2014

Dossiê Longevidade: As pousadas dos Guo

Em Shizhuangzi a vida passa devagar. Que o digam os mais de 30 octogenários que habitam esta pequena aldeia da longevidade a poucas horas de Pequim. A água faz milagres, a comida vem directamente da terra e o turismo rural é a nova galinha dos ovos de ouro.

Dossiê Longevidade: Teoria do envelhecimento

Lai Yun Fee sabe que ninguém passa ao lado da idade, mas não se acomoda aos fatalismos da medicina. O cirurgião plástico e investigador acredita que o excesso de hidratos de carbono nas primeiras décadas de vida, a obesidade, a roncopatia e a apneia de sono são factores que estão directamente ligados ao envelhecimento. O investimento das autoridades na prevenção destas doenças pode ajudar a combater o envelhecimento precoce.

Dossiê Longevidade: Segredos de uma vida longa

Uma cerveja por dia mantém o médico à distância. Este pode ser um dos caminhos para uma vida longa. Em Macau, especialistas preferem falar da coordenação da medicina tradicional chinesa e da medicina ocidental, de uma alimentação equilibrada, exercício e uma pitada de optimismo ou alegria como ingredientes para a longevidade. De acordo com a agência de inteligência norte-americana CIA, Macau continua a ser o segundo lugar do mundo com maior esperança média de vida.

Cultura chinesa: Longevidade

A longevidade pertence à trilogia das divindades populares, também conhecida pelas três divindades estelares(三星san xing): a Felicidade (福fu), a prosperidade (祿lu) e a longevidade (壽shou).

Canal Cheong-Jägerroos: “Na minha memória tudo é doce”

Já disseram que era poética e decorativa como Klimt, mas a simbiose de elementos ocidentais e orientais da pintura de Canal Cheong-Jägerroos dão-lhe o toque original. Isso e a paleta de cores que foi reunindo pelos vários países onde viveu desde que deixou Macau.

Ícones chineses: Luopan

Espelho do cosmos, a luopan é a bússola chinesa que abarca Céu e Terra. Mede as forças positivas (yang) e negativas (yin) do campo magnético de todo o planeta. Quem ganha com isso é o mestre de feng shui, para quem a luopan é tão importante como a calculadora para o matemático.

Torres Prestamistas Tak Sang Tai On (1900)

“Entre os vestígios do passado arquitectónico macaense, subsiste, em alguns bairros típicos da cidade, uma ou outra casa de penhores, cujo aspecto faz lembrar antigas fortificações com as respectivas torres de vigia. Na maioria dos casos, estas construções, designadas por torres prestamistas, assumem o formato de um paralelepípedo quadrangular, com uma média de sete pisos de altura, exibindo nas paredes laterais (a partir do segundo piso) estreitas aberturas semelhantes às seteiras dos antigos castelos, que serviam para vigiar e para disparar armas de guerra contra o inimigo.”[1]

A virtude do Jade

Símbolo da civilização chinesa, o jade (yu, 玉) esteve sempre ligado à pureza e associado à virtude e às suas propriedades tanto mágicas, como curativas. É também uma pedra representativa do poder.