Domingo, Julho 5, 2020
Inicio Tags RM 44

Tag: RM 44

Sob o feitiço da Lua

Mais conhecido do que o calendário solar tradicional é o que se baseia nas conjunções entre o Sol e a Lua (Lua Nova) que se repetem ao longo do ano. A Lua Nova entre 21 de Janeiro e 20 de Fevereiro, a mais importante de todas, marca o início do ano lunar e do seu primeiro mês.

Como se faz um calendário

Ordenar o tempo exige ciência e engenho. Mas os criadores do antigo calendário chinês foram mais longe, buscando raízes na sua própria filosofia tradicional. No princípio eram o yin e o yang...

Átrio | De arte se faz o sonho

Fez-se artista entre Macau e Lisboa e essa vivência marcada pelo choque cultural ajudou-o a definir a sua arte, dividida entre a pintura e a escultura. Aos 38 anos, João Magalhães tem tido oportunidade de dar a conhecer os seus trabalhos, até já representou a região na Bienal de Veneza, mas ainda persegue o sonho de ser artista a tempo inteiro

“Il maestro” em Veneza

Os 18 trabalhos de Mio Pang Fei no Pavilhão de Macau na Bienal de Veneza deixaram boa impressão. A participação da RAEM no certame artístico serve também de inspiração para novos projectos dinamizadores do Centro Histórico. Um sonho possível de realizar, segundo o presidente do Instituto Cultural

Urbanismo | Tap Seac (塔石)

Ficava para lá dos limites de Macau, esquecido de tudo e de todos durante séculos. No Tap Seac, o principal vale da região, viviam alguns camponeses chineses muito pobres. Conviviam com a doença e os insectos que rasavam as águas fétidas daquelas terras pantanosas. Destoava o colorido de algumas flores, o chilrear dos pássaros e a beleza natural de três grandes rochedos sobrepostos numa pequena colina, por detrás do local onde hoje se encontra o edifício do Instituto Cultural. Lembravam um pagode e os chineses chamavam-lhe Tap Seac, torre de pedra. O nome vingou no baptismo daquela terra inóspita

Cinema | Em busca do sentido da vida

O realizador português Miguel Gonçalves Mendes passou por Macau para gravar algumas cenas do seu novo documentário, intitulado O sentido da vida. O filme, que deverá estrear apenas em 2017, acompanha Giovane Brisotto, um jovem de 28 anos com uma doença terminal, numa volta ao mundo e sete figuras públicas, entre as quais se contam o juiz espanhol Baltazar Garzón e o escritor português Valter Hugo Mãe

Santo António, Capitão de Macau

Santo António e São João Baptista, Santos Populares, têm em Macau muitos devotos. Se ao milagre atribuído a São João se deve a vitória de Macau sobre os holandeses em 1622, em Santo António se reconhece um Santo merecedor da fé que a comunidade portuguesa de Macau nele deposita, em todas as vertentes que o caracterizam. Embora sem o soldo de outrora a sua procissão curta mas de grande significado continua a assinalar a tradição no seu dia, a 13 de Junho

A longa luta de Macau pela água potável

O século XIX trouxe um grave problema aos habitantes de Macau: falta de água potável. A situação foi resolvida com o sistema de canalização de água própria para consumo, pela Sociedade de Abastecimento de Águas de Macau, em Julho de 1935. Antes, acumularam-se tentativas falhadas

O antigo bairro de San Kiu

O bairro da Ponte Nova, ou San Kiu (新桥) em chinês, deve o seu nome a uma ponte de pedra construída para substituir a de bambu. Nasceu como povoação desordenada que servia de base às embarcações do Porto Interior, e passou por inúmeras obras, que incluíram a demolição de barracas e o realojamento dos moradores em casas com melhores condições sanitárias. É hoje um dos bairros mais dinâmicos da península, com mais de 40 mil habitantes

Ícones | Gaiola de pássaro (鳥籠)

Terá sido criada na dinastia Song (960-1279) mas só ganhou asas de dragão depois da dinastia Ming (1368-1644). O costume chinês de criar pássaros em gaiola sempre foi coisa de gente rica, com pouco que fazer, até que Mao Tsé-Tung lhes mostrou o cartão vermelho. Quando a gaiola voltou a animar os jardins e as casas de chá, já na década de 1970, foi pela mão de outros donos: os maiores de 50 anos