Segunda-feira, Agosto 3, 2020
Inicio Tags RM 62

Tag: RM 62

Lio Kuokman | Pauta e rota de um maestro afortunado

Estudou piano numa das mais conceituadas escolas de música do planeta e direcção de orquestra com alguns dos principais pesos pesados da música erudita internacional. Perdeu o primeiro emprego para a crise norte-americana do subprime, mas não baixou os braços e em 2014 assinou a melhor participação de sempre de um jovem maestro no Concurso Internacional de Direcção de Orquestra Svetlanov, ao arrecadar não um, mas três prémios. No mesmo ano, tornou-se o primeiro maestro chinês a dirigir a prestigiada Orquestra de Filadélfia, onde permaneceu durante dois anos e, desde então, tem actuado com algumas das mais ilustres orquestras mundiais. Os críticos louvam-lhe a subtileza, a sensibilidade e um "indispensável sentido de controlo", mas o jovem maestro, nascido em Macau no início da década de oitenta, diz que mais do que ao talento, deve à fortuna uma carreira a todos os níveis admirável. Lio Kuok-man em discurso directo.

Festival do Barco-Dragão

O Festival do Barco-Dragão, em honra do poeta Qu Yuan (屈原) que viveu no Período dos Estados Combatentes, tem lugar no 5.º dia da 5.ª Lua. Conhecido também como o duplo cinco, neste ano de 2018 calha no dia 18 de Junho do Gregoriano.

O ano em que o Benfica encantou a Ásia

Quatro campeonatos consecutivos e um quinto na forja, uma posição dominante dentro de portas e uma campanha extraordinária fora delas, no âmbito da segunda mais cotada competição de clubes do continente asiático. A Casa do Sport Lisboa e Benfica estreou-se com estrondo na Taça da Confederação Asiática de Futebol (Taça AFC) e colocou o desporto-rei de Macau no mapa futebolístico da Ásia, ao garantir uma vitória em Pyongyang e um triunfo importante em Taiwan. Os tetracampeões da RAEM falharam o apuramento para a segunda fase da prova, mas encantaram a Ásia, numa gesta em que apenas a mais poderosa das equipas norte-coreanas – o April 25 – se revelou um obstáculo intransponível. Um retrato de uma epopeia há muito ambicionada e de 10 anos de esforço, ambição e glória.

Pratos com história

Em 1918, abria portas na Rua do Campo um pequeno restaurante que se gabava de ter pratos portugueses com o verdadeiro sabor de Portugal. Um século depois, a clientela mudou bastante, mas os sabores continuam quase iguais. A Vencedora, um dos restaurantes mais antigos da cidade, gaba-se agora de ter sido pioneiro a aproximar a cultura chinesa da portuguesa

Hainão na rota do comércio livre internacional

A província de Hainão terá o maior porto do mundo em termos de dimensão e com o estatuto de zona de comércio livre internacional, plano anunciado pelo Presidente Xi Jinping, a ilha vai ganhar novo desenvolvimento num futuro próximo.

Estímulo “verde” para a Macau do futuro

Reconhecendo a questão ambiental como um dos desafios mais decisivos para o seu futuro, Macau prepara-se para aproveitar a oportunidade “de ouro” que tanto a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” como o projecto da Grande Baía têm a oferecer no que toca à protecção do meio ambiente.

Xi Jinping saúda diálogo sino-lusófono sobre justiça

O Presidente do País, Xi Jinping, declarou ser de “grande importância” o fórum de cooperação e intercâmbio entre os sistemas judiciais da China e dos países de língua portuguesa, realizado em Cantão no passado mês de Março.

Eu, robô: De Macau para o mundo

Uma equipa de investigadores da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau concebeu um autómato que promete revolucionar o sector da prestação de serviços na região e no mundo. Originalmente desenvolvido com o propósito de providenciar assistência a idosos, o Singou Butler vai receber a partir de Julho os visitantes que entrem em Macau através das Portas do Cerco. O robô vai facultar informações, responder a dúvidas e até facilitar a obtenção do cartão Macau Pass. O aparelho vai começar a ser fabricado em massa numa unidade fabril da província de Guangdong. A 1 de Setembro lança-se à conquista do planeta.

Macau galvaniza intercâmbio com Tailândia e Camboja 

O reforço da cooperação da RAEM com os países do Sudeste Asiático irá abranger áreas tão diversas como o turismo, a agricultura, a tecnologia e a educação. Sob os promissores auspícios gerados pelo programa transnacional de desenvolvimento de infra-estruturas liderado pelo Governo Central, os governos tailandês e cambojano consideram também tirar partido da posição de Macau como porta para os mercados de língua portuguesa.

Português | Uma verdadeira porta de entrada  

Não são apenas os chineses que têm apostado na aprendizagem da língua portuguesa em Macau. Há também outros estrangeiros que por aqui passam que, graças ao contacto com a cultura portuguesa, descobrem uma nova língua a explorar.